Conheça parte da equipe VeggieAnimals

A VeggieAnimals nasceu em 2014 como uma empresa especializada na produção e distribuição de alimentação 100% vegetal para cães e gatos. Inicialmente, é um projeto unipessoal de Sonia España, vegan e ativista, para ir crescendo e validando-se progressivamente, graças à boa receção e ao apoio dos nossos produtos por parte dos nossos clientes e da comunidade vegan.

Nos dias de hoje, a equipa da VeggieAnimals é mais composta por pessoas vegans e ativistas. Isto significa um forte vínculo e um compromisso inquebrável com os fundamentos éticos do veganismo.


Carolina Martín | Responsável pela encomenda

Comer animais me produzia rejeição desde pequena. Aos 18 anos me tornei vegetariana, e mais tarde, vegana. Ao longo dos anos, a minha mãe, o meu irmão e o meu parceiro tornaram-se também vegetarianas ou veganas. Deixei o meu emprego num balneário nos Pirenéus de Lleida para ser activista na Igualdade Animal, onde acabei por trabalhar como responsável de afiliados e administração.

Conhecia a Sonia desde os meus primeiros anos em IA, foi ela que me abriu a porta a ser activista. Quando anos mais tarde ele me ligou oferecendo-me para trabalhar na VeggieAnimals como responsável de pedidos, eu me senti muito feliz, porque é um projeto que me enche e entusiasma posto que trabalho no que mais me apaixona: Ajudar os animais. O fato de estar ligada a pessoas que compartilham meus mesmos valores (tanto os clientes como minhas companheiras) faz com que minha motivação cresça e se renove a cada dia.


María González | Veterinária

Sou vegetariana e ativista, envolvida em uma dilatada trajetória de resgates, urgências, protetores e santuários. Apesar de estar licenciada na carreira dos meus sonhos, não trabalho em clínica por escolha própria.

Se queria ajudar os animais, tinha de o fazer de uma forma mais prática. Por isso fundei junto com meu parceiro o refúgio multiespécies A Vida de Cor Framboesa em 2016, de onde promovemos a conscientização através de atividades educativas e cursos. Um projeto que me traz muitas satisfações apesar dos sacrifícios que implica.

Salvar um animal e que sua história contribua para mudar a mentalidade de outras pessoas, é terreno ganho para que muitos outros seres continuem vivendo. Juntei-me à equipa como veterinária para atender o serviço de consultas e supervisionar os estudos que se vão realizando, animada pelos sólidos pilares que representam os seus princípios fundadores já que considero que é muito mais do que uma simples empresa, uma vez que possui um passado com o qual me sinto totalmente identificada.


Sonia España Ribera | Fundadora e gerente

Porque eu deixei um emprego público como educadora infantil depois de 12 anos para fundar VeggieAnimals tem muito a ver com o fato de que o veganismo é minha vida antes de uma opção. O activismo levou-me a querer dedicar o meu tempo e as minhas energias a ajudar os animais.

Como consumidora de alimentos veganos vi a possibilidade de oferecer o mesmo produto em Espanha a um melhor preço e com valores adicionados e então, tudo começou a rolar.

Ver o projeto crescer e consolidar-se entre o entusiasmo e o apoio de muitas pessoas que nos dão sua confiança e encorajamento desde o primeiro dia tem sido e é uma experiência maravilhosa.

Até onde chegaremos não sei, estamos contribuindo na medida das nossas possibilidades para salvar muitas vidas. O meu objectivo é assegurar que uma parte dos benefícios da VeggieAnimals continue a ser devolvida aos animais através de vários projectos.


Rubén Vázquez | Departamento comercial

Quando, em 2010, tomei a decisão de não consumir animais, foi-me colocada uma questão muito importante: a alimentação de Bub. Era correto estender minha postura ética ao animal que dependia de mim? e, sobretudo, era saudável para ele? Pela parte ética era claro: não era coerente lutar pelos animais e continuar a financiar os seus maus-tratos. A grande questão era se uma alimentação à base de vegetais era adequada para um cão, porque afinal o Bub é a minha família e eu nunca poria as minhas ideias acima da sua saúde.

Não me enrolarei muito mas já vos adianto que, depois de anos comendo VeggieAnimals, Bub é um senhor de 14 anos com a vitalidade de um cachorro. Ah! E agora partilha a família com o Kiwi, um cão que foi despejado há 10 anos por causa de uma doença cardíaca grave e que hoje goza ao máximo cada instante. De Suri, a rainha da casa, já falaremos outro dia. : )

Estar na equipa VeggieAnimals não é só um trabalho para mim. É fazer parte de um projecto que trabalha para os animais, com o qual partilho um ideal e é composto por pessoas apaixonadas que querem construir um mundo melhor. É um grande desafio e um privilégio estar aqui.


Marina Fernández e Santiago Cantalapiedra | Desenvolvedores de negócios

Somos consultores que acreditam na inovação com três impactos: económico, social e ambiental. Por isso, para nós, todos os projetos que ajudamos têm esse perfil que busca contribuir para fazer desta uma sociedade melhor.

Os dois queríamos trabalhar fazendo aquilo que gostávamos e cumprindo nosso propósito de vocação de serviço à humanidade, por isso pusemos em marcha o COCREANET depois de passar por distintas experiências profissionais tanto na empresa privada como na pública.

Trabalhar com a VEGGIE é muito mais do que um projeto, é envolver-se com elas de uma forma diferente de ver o mundo. Com VEGGIE sentimos fazer realidade todos aqueles princípios que nos identificam como seres sociais, entre outros o de olhar pelos animais, entendendo que são parte deste habitat maravilhoso no que vivemos e que estamos obrigados a cuidar: o planeta Terra.


Carla Alexandra Lopes - Tradutora Português

Sou portuguesa, vivo em Barcelona e sou tradutora técnica e literária autónoma desde 2004. Desde jovem, foi muito fácil decidir do que iria trabalhar: adoro as línguas, as culturas, os povos, o Mundo.

Eu adoro pesquisar e aprender sobre todos os temas, mas quando VeggieAnimals me convidou para traduzir o seu conteúdo eu coloquei um sorriso de orelha a orelha. Sou uma amante dos animais (tenho três cães!) e o meu sonho é montar uma creche canina. Mais do que trabalho, VeggieAnimals é uma experiência de aprendizagem constante sobre um tema que me apaixona muitíssimo.


Javier Ruiz | Colaborador do Blog

AAos 20 anos, a minha cabeça fez um clique e comecei a ver que não faz sentido educar cães e comer, ou utilizar, os porcos, as vacas e o resto dos animais. Desde então, tenho tentado contribuir através do meu trabalho como consultor de marketing, escritor e educador canino. Assim, tento que a minha vida se rege por aquela frase tão famosa do filósofo Albert Schweitzer, que dizia: Não me importa se um animal é capaz de raciocinar. Só sei que é capaz de sofrer e, por isso, o considero meu próximo.»

A oportunidade de trabalhar com ativistas maravilhosos que se uniram sob o selo VeggieAnimals é apaixonante, motivador e um magnífico desafio diário que, além disso, me permite continuar a contribuir para ver como se cumpre uma das grandes aspirações da minha vida: que nenhum animal sofra ou morra injustamente.


Elisa Lazzarato | Tradutora Italiano

Conheci Sonia porque estava procurando uma tradutora de italiano para seu site. Como amante dos animais, gostei imediatamente do seu projecto e estou muito feliz por poder colaborar com ela. Adoro cães, sempre tive um até viver com os meus pais, na verdade, agora eles têm o Manu, uma cadelinha de três anos adoptada num canil.

Neste momento eu sou apenas mãe e espero um dia completar a família com um lindo cachorrinho. Viajar é outra das minhas paixões. Adoro a natureza, os parques e as paisagens para fotografar. Eu visitei muitos lugares maravilhosos, meu próximo destino ainda é desconhecido (porque meu bebê é pequeno) mas certamente meu grande sonho é ir para o Peru.

Hoje em dia é cada vez mais fácil viajar com um amigo peludo e acho que seria uma experiência verdadeiramente única viajar pelo mundo sem deixar ninguém em casa!